segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O Cão que Mordia as Canelas

Conta-se que havia um cachorro muito bravo, e todos que entravam na casa de seu dono, esse cachorro avançava e mordia a canela.

O dono fazia de tudo brigava, batia mas não adinatava, o cachorro sempre mordia todos que entrassem naquela casa.

Então, o dono teve a idéia de comprar uma fucinheira para o cachorro, assim não morderia mais as pessoas.

Comprou e colocou no cachorro, assim resolveu o problema, o cachorro ja não mordia mais as pessoas. Aliás; resolveu aparentemente, pois embora o cachorro não mordeste as pessoas, ele ainda mantinha dentro dele a vontade de morder e por isso partia pra cima das pessoas!

---------------------------------------

Assim muitas pessoas embora não cometem o pecado de outrora, mas o desejo ainda se encontra vivinho dentro da pessoa, mais cedo ou mais tarde se não nascer de Deus vai revelar o que ta dentro de dela.

A mudança do nascido de Deus começa de dentro pra fora. A velha natureza está morta, não tem mais os desejos que antes tinha.

Muitos pensam ser nascidos de Deus, embora dentro de si está o velho homem, mantêm uma aparência de "nascido de Deus" e não são!

Está escrito: " Fez ele o que era reto perante o SENHOR; não, porém, com inteireza de coração." (2Crônicas 25.2). Não basta fazer o que é certo se não for de coração!

Porquê cremos??? Porque está escrito? NÃOOO!
Nós cremos poque o Espirito testifica conosco!


Quando nos batizamos nas águas morremos para o mundo, e quando somos batizados no Espírito Santo, morremos para nós mesmos!

Pense bem, o velho homem ainda está vivo dentro de você?

BY: Thaís en la Fé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário