segunda-feira, 22 de novembro de 2010

A vida de um servo


Fazer a Vontade de Deus não é facio, servir a Deus não é pra qualquer um, pois pra isso temos que viver uma vida de renuncia todos os dias.

Não é do nosso jeito nem da maneira que achamos ser melhor, muito pelo contrário, a marioria das vezes a vontade do nosso Senhor é oposta a nossa vontade.

Mas uma coisa é certa, a vontade de Deus sempre será a melhor, pois Ele sempre sabe o que está fazendo, Ele pode olhar lá na frente e enxergar o que não podemos.

O apóstolo Paulo, servo de Deus, sabia que mesmo sendo ele livre, como todos nós somos, teria que sentir a dor da renuncia, de seus própios desejos e de sua própia vontade, se ele quizesse continuar servindo a Deus.

"Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado." (1Coríntios 9.27).

O que diremos do sacrifício do Senhor Jesus? Ele foi um exemplo vivo de sacrificio, porque todos sabemos que o que Ele fez na cruz e tudo que Ele sofreu ali não era vontade dEle, muito pelo contrário.

O Senhor Jesus orou dizendo: "Pai, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua." (Lucas 22.42).

"Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente." (1 Coríntios 2.14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário