terça-feira, 5 de outubro de 2010

Minha amiga "BAND"




Dia cinco de outubro de dois mil e dez,
Minha amiga entra ao banheiro pra lavar os pés,
Abre o chuveiro com cuidado e muita alegria,
E senti em seu pé aquela água quentinha.

No meio daquele bom banho de gato,
A vó de minha amiga da um grito bem alto,
Ela diz: "Gill o cel toca venha rápido!"
Minha amiga no desespero quase fica sem braço.

Com o grito de sua vó que prolonga e se estente,
O cutuvelo de minha amiga quase racha a parece,
Minha amiga revoltada, muito triste e eloquente,
Desabafa comigo sua grande dor infelizmente.

E eu que sou uma amiga que sei guardar segredos,
Pra ninguem contarei pra num ser um desrrespeito,
Ainda que cosse a lingua e seja meu maior desejo,
Ficarei bem quetinha pois aos amigos eu respeito. rsss

Essa amiga tem um nome e tambem tem apelido,
Nome dela é Gilvania minha mana que nome lindo,
O apelido é estranho mas com amor é proferido,
Chamo ela de "bandida" minha "band" mas sem perigo.

3 comentários:

  1. QUE BOBO ISSO THAIS. KKKKKKK A DO CROCODILO TUDO BEM. MAS ESTA... KKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    o cicero bobo é vc viu!
    tu fala isso pq num foi seu braço, e sim o dela, tadinha...
    bom.. eu achei que o braço dela mereceu um poeminha...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. CICERO bobo é você tadinha de mim doeu pakas e band fez um poeminha que nem eu me aguentei kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir